Linx compra LZT e ativos da Ionics por R$42,5 mi

segunda-feira, 25 de novembro de 2013 10:26 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A produtora de software para varejo Linx anunciou nesta segunda-feira que fez acordo para adquirir a LZT, uma desenvolvedora de aplicativos e consultora de automação e gestão de postos de combustíveis. A empresa ainda divulgou que vai comprar ativos da Ionics, que também atua no setor. O valor total das duas operações é de 42,5 milhões de reais.

Em comunicado, o diretor-presidente da Linx, Alberto Menache, disse que "trata-se de dois investimentos importantes, reforçando a presença da Linx na vertical de postos de combustíveis e lojas de conveniência, em linha com nossa estratégia de aquisições".

O objetivo da empresa com as compras é aproveitar o crescimento do consumo pela chamada nova classe média e a expansão gerada pelo crescimento nas vendas de veículos do país.

A receita bruta da LZT foi de 7,6 milhões de reais em 2012, enquanto os ativos adquiridos da Ionics geraram 5,5 milhões de reais em receitas no mesmo ano, segundo a Linx.

A Linx captou 528 milhões de reais ao abrir seu capital no segmento Novo Mercado da BM&FBovespa no começo de fevereiro. A companhia informou que está empregando 80 por cento dos recursos obtidos na aquisição de empresas que complementem seu portfólio de produtos e serviços oferecidos ao setor varejista.

Às 10h24, as ações da Linx exibiam queda de 0,67 por cento, a 44,24 reais. No mesmo horário, o Ibovespa tinha valorização de 0,12 por cento.

(Por Renan Fagalde)