Fabricante de software ganha disputa na Justiça dos EUA contra Lockheed

terça-feira, 26 de novembro de 2013 21:21 BRST
 

Por Andrea Shalal-Esa

WASHINGTON, 26 Nov (Reuters) - A Comand Technology, empresa de capital fechado que desenvolveu manuais de manutenção eletrônica para o avião de caça F-16, da Lockheed Martin, ganhou um julgamento de 24,8 milhões de dólares contra o maior fornecedor do Pentágono por concorrência desleal.

A Comand faz softwares similares para muitos outros sistemas de armas norte-americanas, mas processou a Lockheed após ser excluída do trabalho em 4.500 jatos de caça F-16, que foram vendidos para militares dos EUA e duas dúzias de outros países.

Um júri de um Tribunal de Maryland, onde a Lockheed se baseia, concluiu depois de um julgamento de uma semana que a Lockheed competiu de forma injusta e prejudicou a Comand, de acordo com uma decisão arquivada na segunda-feira.

O júri também decidiu que a Lockheed "interferiu tortuosamente" nas relações econômicas da Comand.

A Lockheed disse que estava decepcionada com o julgamento e sugeriu que vai recorrer da decisão.

"Estamos desapontados com a decisão do júri e acredito que ela não vai permanecer a após revisão pós-julgamento pelo tribunal ou em recurso", disse o porta-voz Gordon Johndroe.

A Força Aérea dos EUA se recusou a comentar.