Deutsche Telekom vai cortar 4 mil empregos em unidade de TI

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013 14:01 BRST
 

FRANKFURT, 2 Dez (Reuters) - A Deutsche Telekom planeja cortar cerca de 7,5 por cento dos postos de trabalho nos próximos três anos em sua unidade de serviços de tecnologia da informação (TI) T-Systems, disse uma fonte da empresa nesta segunda-feira.

O plano de cortar cerca de 4 mil empregos de um total de 53 mil deve ser apresentado ao Conselho de Administração da companhia em uma reunião em meados de dezembro, disse a pessoa com conhecimento dos planos.

O jornal alemão Handelsblatt disse mais cedo que a empresa estava planejando cortar até 6 mil postos de trabalho, o que incluiria demissões em massa pela primeira vez desde 1949.

Segundo a fonte, "será mais perto de 4 mil empregos".

Em um memorando interno visto pela Reuters, o presidente-executivo da T-Systems, Reinhard Clemens, avisou seus funcionários sobre a necessidade de uma reestruturtação para responder a concorrência vinda de "cantos inesperados".

"Detalharemos as abordagens desenvolvidas nas próximas semanas com mais clareza e então comunicaremos medidas concretas que serão tomadas", disse Clements no memorando, enviado nesta segunda-feira.

A T-Systems, que presta serviços para empresas globais como a Siemens, a ThyssenKrupp e a Deutsche Post DHL, emprega quase 53 mil funcionários, sendo mais de 29 mil dos quais baseados na Alemanha.

A T-Systems está correndo para atender uma demanda crescente pela chamada computação em nuvem, que permite que clientes reduzam custos ao descartar grandes servidores locais por software baseado em rede e armazenamento em centros de dados remotos.

A Deutsche Telekom não quis comentar o caso.

(Por Jonathan Gould)