Netflix se reúne com autoridades francesas sobre possível lançamento no país

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013 16:16 BRST
 

PARIS, 4 Dez (Reuters) - A empresa de vídeos online Netflix se reuniu com a equipe do presidente francês na terça-feira para discutir o possível lançamento de seu serviço de streaming no terceiro maior mercado da Europa, no que seria um duro golpe para as tradicionais empresas de televisão.

O Netflix, que foi criado nos Estados Unidos e agora está disponível em 41 países, tinha, até então, dado foco a mercados falantes do inglês na Europa, como Grã-Bretanha, Holanda e países nórdicos, embora rumores do ingresso na França tenham sido recorrentes por anos.

"O Netflix queria informações sobre as condições legais que poderiam afetar sua potencial chegada na França", disse um funcionário do gabinete do presidente, acrescentando que os executivos também visitarão a Alemanha e outros países europeus.

O Netflix vende assinaturas mensais que permitem aos usuários assistir a séries de televisão e filmes por meio da Internet em seus televisores, computadores, tablets e celulares.

O serviço representa um desafio para as empresas de televisão tradicionais que dependem de publicidade, bem como para operadoras de TV paga, e tem sido criticado por empresas de telecomunicações por sobrecarregar suas redes de banda larga com tráfego.

Se o Netflix for lançado na França, ele enfrentará um complexo arcabouço de regras sobre quando os filmes podem ser disponibilizados em diferentes formatos, como nos cinemas ou em DVDs. O sistema, criado há décadas, visa proteger os produtores de filmes franceses e os cinemas, e não afeta séries de TV.

O Netflix não foi imediatamente encontrado para comentar o assunto.

(Por Julien Ponthus e Leila Abboud)