Índia adia decisão sobre negócio de US$1,6 bi da Vodafone

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013 16:07 BRST
 

NOVA DÉLI, 9 Dez (Reuters) - O regulador de investimento estrangeiro da Índia adiou uma decisão sobre a proposta da Vodafone para obter total controle de sua unidade indiana em um acordo de 1,6 bilhão de dólares, afirmaram duas autoridades nesta segunda-feira.

A Vodafone, que entrou na Índia em 2007 ao comprar a operadora de celular local Hutchison Whampoa's em um acordo de 11 bilhões de dólares, diretamente e indiretamente detém uma fatia combinada de 84,5 por cento da Vodafone Índia, a segunda maior empresa de telecomunicações do país em número de usuários.

A Vodafone detém diretamente 64,38 por cento da unidade indiana.

O regulador adiou a decisão por não ter recebido aprovações de segurança do Ministério do Interior, disse uma das autoridades.

Em agosto, a Índia tornou mais flexíveis suas regras de investimento estrangeiro no setor, ao permitir que empresas como a Vodafone detenham 100 por cento de seus negócios indianos.

Antes da mudança da regra, empresas estrangeiras podiam ter fatias diretas de até 74 por cento das operadoras indianas.

(Por Manoj Kumar e Rajesh Kumar Singh)