Operadoras dos EUA concordam com nova política para desbloqueio de celulares

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013 11:35 BRST
 

Por Alina Selyukh

WASHINGTON, 13 Dez (Reuters) - As maiores operadoras de telefonia móvel dos Estados Unidos se comprometeram na quinta-feira a tornar mais fácil para os usuários o desbloqueio de seus celulares para o uso da rede de rivais, respondendo à pressão de grupos de defesa do consumidor e do maior regulador de comunicações do país.

A Verizon Wireless, AT&T, Sprint Corp, T-Mobile EUA e EUA Cellular concordaram em "claramente notificar" os clientes quando seus dispositivos forem elegíveis para o desbloqueio, também se comprometendo a processar pedidos de desbloqueio em um prazo de dois dias úteis, disse o grupo CTIA, que representa a indústria wireless.

Operadoras de telefonia móvel dos Estados Unidos muitas vezes "fixam" os smartphones às suas redes, como forma de incentivar os consumidores a renovar seus contratos. Os consumidores frequentemente compram novos aparelhos a um preço altamente subsidiado em troca de contratos de prazos mais longos.

As principais operadoras têm permitido que os consumidores possam desbloquear os dispositivos ao cabo de um prazo contratual - comumente, de dois anos -, embora o processo varie de empresa para empresa, podendo ser bastante trabalhoso.

Na quinta-feira, o acordo foi anunciado e as cinco operadoras se comprometeram a desbloquear os dispositivos após o cumprimento dos contratos, inclusive os envolvendo pré-pagos dentro do prazo de um ano de compra.