Órgão antitruste canadense entra com ação contra o Google

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013 18:00 BRST
 

Por Alastair Sharp e Euan Rocha

TORONTO, 16 Dez (Reuters) - A agência antitruste canadense entrou com uma ação contra o Google, alegando que a companhia está abusando de sua posição de liderança no mercado de buscas online, unindo-se às autoridades antitruste europeias e norte-americanas nas críticas às práticas da gigante da Internet.

O órgão regulador, em uma ação datada de 11 de dezembro, requer que o Google forneça informações sobre suas práticas de negócios, incluindo contratos.

Um porta-voz do órgão antitruste canadense disse que a decisão de entrar com a ação foi baseada no fato de que o Google tem, ou deveria ter, informação relevante para oferecer às investigações do órgão sobre as práticas da companhia.

O Google não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários.

O escopo das investigações canadenses é semelhante ao daquelas sendo conduzidas nos Estados Unidos, União Europeia e no Brasil por práticas anticompetitivas.

O órgão alega ter razões para acreditar que o Google, desde 2005, manteve práticas anticompetitivas. Isso incluiria assinar acordos de exclusividade com desenvolvedores de sistemas de operadoras de celular e privilegiar seus próprios serviços, como o Google News, em detrimento de conteúdo de competidores.