Chefe de entretenimento doméstico da Sony deixará empresa em março

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013 18:34 BRST
 

18 Dez (Reuters) - David Bishop, o presidente de entretenimento doméstico da Sony Pictures, vai deixar a empresa em março, em mais uma saída em meio à renovação das operações do estúdio depois de críticas do investidor de fundos de hedge Daniel Loeb.

"Nós apreciamos suas muitas contribuições para a empresa e lhe desejamos boa sorte em seus futuros empreendimentos", disse o presidente-executivo da Sony Entertainment, Michael Lynton, em um comunicado nesta quarta-feira.

A Sony está lutando para ganhar o apoio dos investidores depois de Loeb ter pedido em maio que a companhia desmembrasse uma parte do seu negócio de entretenimento para investidores, e tomasse medidas para melhorar a rentabilidade do estúdio. A Sony rejeitou a proposta de Loeb em agosto.

Em novembro, Lynton disse que a Sony havia identificado 250 milhões de dólares em cortes de custos que espera fazer nos próximos dois ou três anos. A empresa também irá produzir menos filmes, em uma mudança na direção de produção para TV, negócio de maior margem.

A saída do Bishop segue a partida este ano do chefe de marketing do estúdio, Marc Weinstock, e do veterano de relações públicas Steve Elzer.

(Por Lisa Richwine)