Nasdaq vai indenizar investidores por falhas no IPO do Facebook

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013 16:00 BRST
 

NOVA YORK, 27 Dez (Reuters) - O Nasdaq OMX vai compensar empresas em 31 de dezembro por reivindicações relacionadas a falhas no estreia das ações do Facebook em maio do ano passado, afirmou o operador de bolsa nesta sexta-feira.

O Nasdaq disse anteriormente que pagaria até 41,6 milhões de dólares em créditos a participantes do mercado que tiveram prejuízos devido a uma falha no sistema do pregão durante o IPO do Facebook, impedido confirmações de pedidos em tempo hábil para muitos operadores, deixando-os sem saber suas posições por horas e, em alguns casos, dias.

Segundo o Nasdaq, queixas num total de 41,6 milhões de dólares foram habilitadas para compensação, mas profissionais de mercado estimaram perdas de 500 milhões de dólares coletivamente.

As empresas classificadas para a compensação tinham até 23 de dezembro para concordar em não processar o Nasdaq sobre o IPO, a fim de ser elegível para um pagamento voluntário único.

O Nasdaq foi multado no caso em 10 milhões pela Securities and Exchange Commission (SEC, a CVM dos EUA), multa recorde para uma bolsa, o episódio foi apenas um de uma série de falhas graves de tecnologia que atingiram os mercados nos últimos anos.

Em agosto, uma falha de software paralisou milhares de ações listadas na Nasdaq Marketwide por três horas, dias após um problema técnico no Goldman Sachs enviar uma enxurrada de ordens erradas para os mercados de opções de ações.

Após o problema de Nasdaq, a SEC chamou os chefes de todas as bolsas para discutir formas de fortalecer a infraestrutura do mercado e melhorar a capacidade quando a tecnologia falhar.

(Reportagem de John McCrank)