Texas Instruments vai cortar 1,1 mil postos de trabalho

terça-feira, 21 de janeiro de 2014 20:44 BRST
 

SAN FRANCISCO, 21 Jan (Reuters) - A Texas Instruments planeja cortar 1,1 mil postos de trabalho em todo o mundo como parte de uma reestruturação corporativa destinada a economizar 130 milhões de dólares até o final de 2014.

A fabricante de chips, que disse em 2012 que dispensaria 1,7 mil pessoas enquanto desacelerava sua unidade de processadores móveis, disse nesta terça-feira que queria reduzir despesas em sua divisão de processadores para dispositivos e no Japão.

"Mercados de tecnologias amadurecem de tempos em tempos e você precisa rebalancear onde você gasta seu dinheiro", disse o diretor financeiro Kevin March em entrevista.

A Texas Instruments teve um encargo de 49 milhões de dólares no quarto trimestre, seguido de 30 milhões de dólares no primeiro.

A empresa, que vem saindo gradualmente de uma intensa e competitiva área de celulares para se focar em chips para suprir mercados mais lucrativos como carros a eletrodomésticos, divulgou uma receita líquida acima das expectativas apesar de uma recuperação da demanda ainda abafada.

A Texas Instruments disse nesta terça-feira que a sua receita no quarto trimestre foi de 3,03 bilhões de dólares, ante 2,98 bilhões de dólares no mesmo período do ano anterior. Analistas em média esperavam receita 2,987 bilhões de dólares, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Noel Randewich)