Lucro da Microsoft sobe levemente com fortes vendas de Office

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014 20:12 BRST
 

SEATTLE, 23 Jan (Reuters) - A Microsoft disse nesta quinta-feira que seu lucro no segundo trimestre fiscal subiu 3 por cento, com fortes vendas de seu software Office para empresas ofuscando mais um trimestre fraco para seu sistema Windows, e enquanto consumidores adotam os tablets em detrimento dos PCs.

A maior empresa de software do mundo registrou lucro de 6,56 bilhões de dólares, ou 0,78 dólar por ação, comparados aos 6,38 bilhões de dólares, ou 0,76 dólar por ação, um ano antes.

O resultado superou facilmente a média das estimativas dos analistas de Wall Street, de 0,68 dólar, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

As ações da Microsoft subiram quase 4 por cento no after market.

As vendas subiram 14 por cento, para 24,5 bilhões de dólares, ajudadas por crescimento nas vendas do Office, de seu console de videogame Xbox e dos novos tablets Surface, superando as estimativas de Wall Street, de 23,7 bilhões de dólares.

Nos últimos meses, analistas elevaram levemente as estimativas de receitas da empresa, mas reduziram as projeções para o lucro líquido.

A Microsoft não disse nada sobre sua busca de cinco meses por um novo presidente-executivo para substituir Steve Ballmer, que vai deixar o cargo, processo que está demorando mais que o esperado por investidores.

(Por Bill Rigby)