Google está próximo de acordo com UE sobre investigação antitruste

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014 15:09 BRST
 

BRUXELAS, 29 Jan (Reuters) - O Google e reguladores da União Europeia estão perto de chegar a um acordo sobre uma investigação antitruste de três anos com concessões "muito melhores" para acalmar preocupação sobre bloquear rivais, como a Microsoft de resultados de busca de Internet, disseram duas fontes nesta quarta-feira.

Um acordo sob as regras antitruste da Comissão Europeia significa que o Google irá escapar de uma possível multa de até 5 bilhões de dólares, ou 10 por cento de sua receita em 2012.

A maior ferramenta de busca da Internet e a Comissão Europeia estão próximas de um acordo e uma decisão é esperada nos próximos dias ou no máximo em duas semanas, disse à Reuters uma autoridade sênior da União Europeia.

Uma segunda pessoa familiar ao assunto confirmou o provável acordo.

A autoridade disse que a mais recente proposta do Google, a terceira depois que o comissário de competição da União Europeia, Joaquin Almunia, rejeitou uma oferta anterior como inaceitável, estava "muito melhor".

O acordo inclui compromissos do Google sobre como trata concorrentes e como usará o conteúdo de outros provedores no futuro.

A Comissão tem dito que o Google pode ter favorecido seus próprios produtos e serviços em resultados de buscas em detrimento dos concorrentes.

Os reguladores da União Europeia não vão buscar o feedback dos 125 concorrentes, incluindo Microsoft e outros, que comentaram sobre as propostas anteriores do Google, já que eles têm uma idéia clara do seu pensamento após os dois últimos testes de mercado, disse o funcionário.

Almunia e o presidente-executivo do Google, Eric Schmidt, que estavam em Davos para o Fórum Econômico Mundial, na semana passada, estão em contato permanente, disse.

(Por Foo Yun Chee)