Lucro líquido da Totvs cai no 4º tri, mas sobe quase 8% no ano

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014 19:30 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 29 Jan (Reuters) - A empresa de tecnologia Totvs registrou queda no lucro líquido no quarto trimestre em relação a 2012, mas no fechado do ano o resultado subiu quase 8 por cento, impulsionado por um melhor resultado financeiro.

Entre outubro e dezembro, o lucro líquido ficou em 60,7 milhões de reais, recuo de 9,1 por cento sobre o mesmo período do ano anterior, atribuído pela companhia à distribuição de juros sobre capital próprio, este ano declarados no quarto trimestre.

Além disso, os custos operacionais da Totvs cresceram 22 por cento ano a ano, para 146,6 milhões de reais, enquanto as despesas operacionais subiram 24,9 por cento na mesma base de comparação, a 184,2 milhões de reais.

No ano, o lucro foi de 223,1 milhões de reais, avanço de 7,7 por cento sobre 2012, atribuído pela empresa a um melhor resultado financeiro, dada a redução de 20,2 por cento das despesas financeiras no período.

A receita líquida atingiu 431,6 milhões de reais, crescimento anual de 19,4 por cento. No ano, a receita foi de 1,61 bilhão de reais, alta de 14 por cento sobre 2012.

Entre os componentes da receita, as linhas de manutenção e serviços subiram mais de 23 por cento cada uma, representando 78,4 por cento do total da receita líquida.

Em termos setoriais, o maior crescimento do ano veio de distribuição e logística, cuja participação nas receitas aumentaram em 5,5 pontos percentuais. Em contrapartida, o setor de manufatura e serviços financeiros teve sua fatia reduzida em 4,8 pontos percentuais.

"A queda de participação desse segmento na composição da receita total é fruto, principalmente, do processo de consolidação pelo qual esse setor tem passado nos últimos anos", disse a Totvs em sua demonstração financeira, citando também a redução da demanda das gestoras devido ao momento ruim dos mercados de capitais.

"Dentre os segmentos com orientação a serviços, destacamos a demanda pelas nossas soluções para transportadoras, distribuidores e atacarejos, que têm alavancado a participação do segmento de distribuição e logística."   Continuação...