Ex-estrelas da HP estão prestes a deixar empresa, dizem fontes

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014 14:11 BRST
 

Por Nadia Damouni e Nicola Leske e Edwin Chan

NOVA YORK/SAN FRANCISCO, 5 Fev (Reuters) - Dois executivos da Hewlett-Packard que estavam entre os mais poderosos da companhia até serem deixados de lado pela CEO Meg Whitman estão se preparando para deixar a empresa nas próximas semanas, disseram várias fontes.

Todd Bradley e Dave Donatelli foram entrevistados para cargos potenciais durante vários meses, quatro fontes familiarizadas com a situação disseram.

Eles aceitaram um acordo de novas opções de ações em troca de uma saída tranquila, acrescentaram duas das fontes.

A partida dos dois veteranos da HP, que estavam na empresa antes da chegada de Meg, pode fortalecer o controle da CEO, no meio de um plano de cinco anos para tentar recuperar a companhia, outrora ícone da computação no Vale do Silício.

O ex-vice-presidente de PCs Bradley e o ex-vice-presidente do grupo Donatelli, que já foram estrelas em ascensão na gigante de computação, estão agora à espera do vencimento da restrição envolvendo as ações no âmbito do acordo não revelado.

Bradley deverá deixar a HP no final de fevereiro com cerca de 12 milhões de dólares em mãos, disseram as fontes. Donatelli deverá manter-se na HP até março, recebendo entre 8 milhões e 10 milhões de dólares, completaram as fontes.

Os acordos foram fechados no verão passado do Hemisfério Norte, e uma pessoa afirmou que a saída teria sido atrasada numa tentativa de minimizar a publicidade envolvendo o caso.

(Por Nadia Damouni, Nicola Leske e Edwin Chan)

 
Disco-rígido montado em uma fábrica da Hewlett-Packard, em Houston. Dois executivos da Hewlett-Packard que estavam entre os mais poderosos da companhia até serem deixados de lado pela CEO Meg Whitman estão se preparando para deixar a empresa nas próximas semanas, disseram várias fontes. 19/11/2013. REUTERS/Donna Carson