Carl Icahn desiste de campanha por recompra de ações da Apple

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014 14:00 BRST
 

10 Fev (Reuters) - Carl Icahn disse não ver razão para persistir com a proposta para a Apple recomprar 50 bilhões de dólares em ações, dadas as recentes recompras feitas pela fabricante do iPhone.

Icahn disse em uma carta aos acionistas da Apple publicada em seu site que ele estava contente que o presidente-executivo da Apple, Tim Cook, e o Conselho da empresa exibiram uma abordagem "oportuna" e "agressiva" nas recompras de ações.

A Apple disse na semana passada que recomprou 14 bilhões de dólares de suas ações nas duas semanas posteriores à publicação de seus resultados trimestrais decepcionantes.

(Por Chandni Doulatramani em Bangalore)