Índia mira US$6,27 bi em taxas do setor de telecomunicações em 2014/15

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014 10:47 BRT
 

NOVA DÉLHI, 17 Fev (Reuters) - A Índia quer arrecadar 389,54 bilhões de rúpias (6,27 bilhões de dólares) de receita com o setor de telecomunicações, incluindo recursos obtidos dos leilões de faixas de frequência, durante o próximo ano fiscal que se inicia em 1º de abril, afirmou o governo em seu orçamento provisório nesta segunda-feira.

O governo planeja vender frequências em três bandas durante o próximo ano fiscal, de acordo com o orçamento.

Isso virá na esteira de um leilão de espectros de 10 bilhões de dólares que acontece este mês, do qual o governo obterá ao menos 3 bilhões de dólares neste ano fiscal que se encerra em 31 de março, muito acima da meta de 1,8 bilhão de dólares.

A meta de receita do governo indiano para 2014/15 também inclui as taxas anuais recorrentes pagas pelas operadoras de telecomunicação e uma taxa não recorrente arrecadada sobre espectros que ainda estão sendo disputados.

O governo conseguirá atingir sua meta de receita de telecomunicações de 408,47 bilhões de rúpias para este ano fiscal, graças a ofertas melhores que o esperado nos leilões que compensaram a perda de receita com a disputada taxa não recorrente que não foi arrecadada.

(Por Devidutta Tripathy)