Lucro da Portugal Telecom cai 35% no 4o tri

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014 09:33 BRT
 

LISBOA, 19 Fev (Reuters) - A Portugal Telecom (PT) divulgou uma queda de 35 por cento no lucro líquido trimestral nesta quarta-feira, afetada por uma forte concorrência no enfraquecido mercado doméstico, e sob o peso de perdas cambiais e custos de reestruturação no Brasil.

Apesar de uma recuperação econômica ainda incipiente em Portugal, o segmento corporativo do mercado doméstico ainda foi afetado por cortes de custos em empresas e instituições do Estado, e os resultados sofreram com a "intensa concorrência de preços nos vários segmentos, principalmente no móvel", disse a PT.

Um ponto positivo foi a receita do segmento residencial, que cresceu 1,4 por cento apesar dos preços mais baixos.

O lucro líquido caiu para 25,9 milhões de euros (35,6 milhões de dólares) no último trimestre de 2013. Analistas consultados pela Reuters previam lucro de 21 milhões de euros, em média.

A receita caiu quase 3 por cento, para cerca de 736 milhões de euros, disse a empresa, enquanto o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) caiu cerca de 6 por cento, a 281 milhões de euros.

O lucro da PT para o ano inteiro saltou 47 por cento, a 331 milhões de euros, após a venda de sua participação na empresa de telecomunicações brasileira CTM e outros ganhos pontuais. Já o Ebitda caiu 10 por cento.

A PT está se fundindo com a brasileira Oi, na qual detém uma grande participação, criando uma empresa com mais de 100 milhões de assinantes.

A receita e o Ebitda foram divulgados segundo as novas normas europeias de contabilidade, que calculam a fatia da PT na Oi pelo método de equivalência patrimonial.

Sob o método tradicional, a receita no quarto trimestre totalizou 1,44 bilhão de euros, um recuo de quase 11 por cento na comparação anual, mas ligeiramente acima das expectativas do mercado.

(Por Andrei Khalip)