Zuckerberg fará sua primeira aparição pública após compra do WhatsApp

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014 14:18 BRT
 

SAN FRANCISCO, 24 Fev (Reuters) - O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, fará um discurso de vitória na maior conferência de tecnologia do mundo, em Barcelona, nesta segunda-feira, depois de superar o Google na oferta de aquisição de 19 bilhões de dólares do serviço de mensagens gratuito WhatsApp.

Apenas 18 meses depois de aparentemente correr o risco de ser derrotada pela onda de dispositivos móveis, a maior rede social do mundo está em alta novamente. Está obtendo um enorme volume de receitas com anúncios e usuários do mundo todo de tablets e smartphones, de uma base de praticamente zero alguns anos atrás.

Agora, a compra do WhatsApp por Zuckerberg - enquanto surpreendeu pelo alto preço pago por uma companhia que detém 450 milhões de usuários mas pouca receita - coloca o Facebook no centro das comunicações via smartphone.

É uma mudança que pode irritar alguns executivos da indústria presentes em Barcelona. O WhatsApp e outros aplicativos de mensagens, como o chinês WeCat e o israelense Viber, têm prejudicado as receitas das operadoras, ao oferecer alternativas grátis às mensagens de texto, um mercado de 120 bilhões de dólares para as teles. A empresa de pesquisas Ovum disse que as teles perderam 32 bilhões de dólares em receitas com SMS no ano passado e irão perder 54 bilhões de dólares até 2016.

Zuckerberg e o fundador do WhatsApp, Jan Koum, deverão aparecer como parceiros e não como rivais durante o congresso de mobilidade em Barcelona nesta segunda-feira.

(Por Alexei Oreskovic e Leila Abboud)