Icahn e eBay trocam farpas sobre governança da companhia

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014 20:46 BRT
 

NOVA YORK, 26 Fev (Reuters) - O investidor bilionário Carl Icahn e o eBay trocaram farpas nesta quarta-feira, ampliando o tom de sua disputa sobre a governança corporativa da empresa de comércio eletrônico.

Icahn, que no mês passado pediu que o eBay vendesse o seu negócio de pagamentos online PayPal, chamou a governança corporativa da empresa de "disfuncional" em sua segunda carta endereçada aos acionistas nesta semana.

O investidor ativista, que tem uma fatia de 2,15 por cento no eBay, prometeu divulgar um plano detalhado para separação do PayPal nas próximas semanas. Ele enviou uma carta aberta aos acionistas do eBay nesta semana acusando dois diretores da companhia de conflito de interesse.

"Acreditamos que a governança corporativa no eBay é disfuncional. Vamos decifrar essa charada", disse Icahn na última carta a acionistas do eBay. Ele pediu que os acionistas votem em sua chapa de diretores e a favor da proposta de separação na assembleia anual de acionistas deste ano.

O Ebay respondeu com um comunicado cujo título era "restrinja-se aos fatos, Carl", e acusou o investidor de deliberadamente espalhar alegações "totalmente equivocadas".

Icahn disse na segunda-feira que dois membros do Conselho, Marc Andreessen e Scott Cook tinham interesses de negócios que competiam diretamente com o eBay.

"Carl Icahn não deixa a verdade se meter no meio de uma boa história", disse o eBay em resposta à última carta de Icahn.

Icahn, presidente do Conselho da Icahn Enterprises, é conhecido por adquirir grandes fatias em companhias e exigir mudanças administrativas. Ele não estava imediatamente disponível para comentar.

(Por Sam Forgione e Phil Wahba)