Diretores de finanças e negócios do Google receberão milhões em bônus

segunda-feira, 10 de março de 2014 19:39 BRT
 

SAN FRANCISCO, 10 Mar (Reuters) - O Google pagará ao diretor-financeiro Patrick Pichette um bônus anual de 3 milhões de dólares, e ao diretor de negócios Nikesh Arora 3,5 milhões de dólares, um leve aumento frente ao ano anterior, na sequência de um ano em que a ação da companhia de Internet subiu cerca de 60 por cento.

O presidente-executivo do Google, Larry Page, e o co-fundador Sergey Brin não receberão bônus, disse a companhia em um documento arquivado na Securities and Exchange Commission (SEC), continuando a prática dos fundadores de não receber bônus. Page e Brin, que recebem salário anual de 1 dólar, possuem grandes fatias de suas riquezas pessoais diretamente ligadas às ações do Google.

As ações do Google subiram 58 por cento em 2013, ultrapassando 1 mil dólares pela primera vez e ultrapassando os ganhos do Nasdaq de 38 por cento no ano.

O diretor-jurídico e chefe de desenvolvimento corporativo David Drummond receberá um bônus de 3 milhões de dólares, disse o Google. No ano passado, o bônus de Drummond foi de 3,3 milhões. Pichette e Arora receberam, cada um, bônus de 2,8 milhões de dólares no ano passado.

(Por Alexei Oreskovic)