Executivo da Fox questiona fusão entre Comcast e Time Warner Cable

terça-feira, 11 de março de 2014 14:25 BRT
 

11 Mar (Reuters) - Um dos principais executivos da Twenty-First Century Fox levantou questões sobre a potencial dominância da Comcast sobre o mercado de banda larga nos Estados Unidos, caso reguladores autorizem a fusão de 45,2 bilhões de dólares com a Time Warner Cable.

Falando em uma conferência com investidores nesta terça-feira, Chase Cary, presidente e diretor operacional da Fox, disse que a "questão da banda larga" será frontal e central quando reguladores norte-americanos revisarem o acordo que une a primeira e segunda maiores operadoras a cabo do país.

Questionado sobre preocupações com a fusão, Carey disse: "provavelmente, a questão que irá surgir, e que será foco, é realmente a banda larga. Haverá escolha na banda larga? Estamos indo no caminho de que cada casa só possa ter só um provedor de banda larga e quais as implicações disso?"

Caso a oferta pela Time Warner Cable seja aprovada, a Comcast será o provedor de Internet para cerca de 40 por cento dos lares norte-americanos que pagam por web de alta velocidade, estimam analistas.

(Por Liana B. Baker)