Comissão Europeia planeja promover setor de crowdfunding

sexta-feira, 21 de março de 2014 11:18 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Um "rótulo de qualidade" da União Europeia e uma possível ajuda estatal para financiamento coletivo, conhecido como "crowdfunding", ajudará o setor de 1 bilhão de euros a crescer e apoiar o crescimento econômico da região, afirma o órgão executivo do bloco em um documento visto pela Reuters.

O financiamento coletivo permite que indivíduos e pequenos negócios levantem fundos junto a grupos de investidores, que podem colocar dinheiro em esquemas de empréstimos entre pares ou títulos como papéis não listados. Este tipo de financiamento é normalmente hospedado em plataformas online como Kickstarter, Crowdcube e Funding Circle.

A Comissão Europeia, num projeto de documento a ser publicado na semana que vem, disse que o financiamento coletivo possui potencial real para financiar certos tipos de projetos.

"O financiamento coletivo é uma fonte importante de financiamento para cerca de meio milhão de projetos europeus a cada ano que de outro modo podem não obter os recursos necessários para serem realizados", disse o documento.

O documento será publicado junto a um projeto que define maneiras de impulsionar o financiamento baseado no mercado, num momento no qual pequenas empresas têm mais dificuldade em conseguir empréstimos com bancos focados em elevar seus níveis de capital para se adequarem a regras mais rígidas.

Diversos países da UE já começaram a apresentar regras para o financiamento coletivo, mas o documento da Comissão indica que Bruxelas está cautelosa sobre entrar cedo demais com regulação para toda a União Europeia.

"A Comissão continuará a monitorar o mercado e avaliar a necessidade por medidas regulatórias em resposta a circunstâncias em alteração", disse o documento.