Obama reúne-se com executivos de tecnologia para tratar de privacidade

sexta-feira, 21 de março de 2014 15:32 BRT
 

WASHINGTON, 21 Mar (Reuters) - Executivos de diversas grandes empresas de Internet norte-americanas, como Google e Facebook, se reunirão com o presidente Barack Obama nesta sexta-feira para discutir mudanças nos programas de vigilância do governo.

A Casa Branca disse que Obama se reunirá com executivos de tecnologia para "continuar seu diálogo sobre questões como privacidade, tecnologia e inteligência após seu discurso de 17 de janeiro."

O presidente do Conselho do Google, Eric Schmidt, e o presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, que tem criticado as práticas de vigilância do governo, participarão do encontro, de acordo com fontes das companhias. A Casa Branca não divulgou uma lista completa dos participantes da reunião, marcada para ocorrer no Salão Oval às 17h05 de Brasília (20h05 GMT).

Representantes do Twitter não devem participar do encontro, enquanto executivos do LinkedIn não poderão participar devido a conflitos de agenda, de acordo com porta-vozes das companhias.

O site de notícias Politico informou que a presidente do Yahoo, Marissa Mayer, também não deve participar da reunião devido a conflitos de agenda. O Yahoo não comentou.

Empresas de tecnologia pressionam por mais transparência e restrições à atuação da inteligência norte-americana e formaram uma coalizão denominada "Reforma da Vigilância do Governo". Os representantes da coalizão não foram encontrados para comentar.

(Por Alina Selyukh em Washington e Alexei Oreskovic em San Francisco)