Unidades de negócios de Slim refutam determinação de regulador de telecom

segunda-feira, 31 de março de 2014 15:52 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO, 31 Mar (Reuters) - O conglomerado industrial e de varejo de Carlos Slim, o Grupo Carso, e a unidade financeira Inbursa desafiaram uma determinação do novo regulador de telecomunicações que diz que ambos ocupam posições dominantes no mercado.

As companhias disseram em declarações apresentadas nesta segunda-feira à bolsa de valores mexicana que não dominam esse mercado, já que não têm concessões de serviços de telecomunicações, e afirmaram que as medidas impostos pelo regular são impossíveis de cumprir.

No início do mês, o Instituto Federal de Telecomunicaciones (IFT) declarou como dominantes no mercado de telecomunicações es a Inbursa e o Carso, por serem grupos de interesse econômico relacionados à líder de mercado de telecomunicações do país, a América Móvil , controlada por Slim, e que também foi declarada dominante.

A gigante de telecomunicações América Móvil tem cerca de 80 por cento do mercado de telefonia fixa do México e cerca de 70 por cento do mercado móvel.

O México está tentando abrir suas indústrias de telefonia e de TV para maior competição, na sequência da aprovação de uma grande reforma de telecomunicações que tem como alvo as grandes fatias de mercado detidas por Slim e pela maior emissora do país, a Televisa.

(Por David Alire Garcia e Tomas Sarmiento)