Icahn recua de pedido para separar a PayPal do eBay

quinta-feira, 10 de abril de 2014 16:41 BRT
 

NOVA YORK, 10 Abr (Reuters) - O investidor ativista Carl Icahn desistiu de seu pedido para que o eBay separe sua unidade de pagamentos PayPal, mas sugeriu que manterá a pressão na empresa de comércio eletrônico.

O eBay disse nesta quinta-feira que encerrou sua disputa com o bilionário, que também retirou seus dois candidatos para o Conselho do eBay antes da reunião anual de acionistas da companhia marcada para o mês que vem.

Em uma concessão a Icahn, o eBay disse que incluiria David Dorman, um sócio-fundador da empresa de investimentos Centerview Capital Technology, como diretor independente no Conselho.

Mas Icahn, que em janeiro pediu para que o PayPal fosse separado da empresa, antes de entrar em uma guerra verbal com o eBay, indicou não ter desistido da ideia.

"Continuo acreditando que o eBay seria beneficiado com uma separação do PayPal em algum ponto no futuro próximo", disse Icahn em comunicado. Ele disse que Donahoe concordou em se reunir regularmente para discutir alternativas estratégicas para o PayPal.

(Por Phil Wahba em Nova York)