Lucro da Intel recua no 1o tri, mas supera estimativas

terça-feira, 15 de abril de 2014 19:07 BRT
 

SAN FRANCISCO, Estados Unidos, 15 Abr (Reuters) - O lucro líquido da Intel caiu no primeiro trimestre, mas ficou acima das estimativas de Wall Street, enquanto a produtora de chips luta contra a queda da demanda por computadores pessoais.

Com os embarques de computadores pessoais caindo há oito trimestres consecutivos até março, alguns analistas acreditam que o recuo do setor está próximo de atingir seu piso. Isso poderia dar à Intel um respiro enquanto luta para desenvolver melhores processadores para dispositivos móveis e equipamentos de uso junto ao corpo.

Em seu balanço divulgado nesta terça-feira, a Intel disse que a receita de seu grupo de clientes de PCs no primeiro trimestre foi de 7,9 bilhões de dólares, queda de 1 por cento na comparação anual.

A companhia espera margem bruta para o ano de cerca de 61 por cento. Isto representa alta de 1 ponto percentual sobre a previsão anterior da Intel.

Os resultados desta terça-feira incluíram uma nova estrutura do relatório financeiro para melhor refletir seu foco em duas áreas-chave: equipamentos móveis e o crescente setor de conexão de dispositivos eletrônicos.

A Intel disse que seu grupo de comunicações móveis teve receita de 156 milhões de dólares no primeiro trimestre, uma queda de 61 por cento em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

A fabricante de chips teve lucro líquido de 1,947 bilhão de dólares, ou 0,38 dólar por ação, para o primeiro trimestre, contra resultado positivo de 2,045 bilhões, ou 0,40 dólar por ação, obtido no mesmo período do ano passado. Analistas em média esperavam 0,37 dólar por ação, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita da companhia nos três primeiros meses do ano somou 12,76 bilhões de dólares, ante 12,58 bilhões no mesmo período de 2013.

Analistas, em média, esperavam faturamento de 12,814 bilhões de dólares, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Noel Randewich)