Panasonic e Fujitsu criarão companhia de projeto e desenvolvimento de chips

quarta-feira, 23 de abril de 2014 11:51 BRT
 

TÓQUIO, 23 Abr (Reuters) - A Panasonic e a Fujitsu disseram nesta quarta-feira que vão integrar parte de suas operações para formar uma companhia independente para projetar e desenvolver chips de integração em larga escala (LSI, na sigla em inglês) de sistemas, na qual ambas as companhias vão deter uma fatia.

A Fujitsu vai deter 40 por cento dos direitos de voto na nova empresa, a mesma proporção que o estatal Banco de Desenvolvimento do Japão, que fornecerá um investimento máximo de 20 bilhões de ienes (194,9 milhões de dólares) em capital de equity e uma linha de crédito máxima de 10 bilhões de ienes para a nova companhia. A Panasonic deterá os 20 por cento remanescentes.

A nova empresa será uma fabricante de semicondutores sem instalações próprias e se focará no planejamento, comercialização e desenvolvimento de produtos, com uma perspectiva de lançar uma oferta pública de ações futuramente, disseram as companhias em um comunicado.

A expectativa é que acordo final sobre os detalhes do negócio seja concluído até o final do atual trimestre, que se encerra em junho. A Panasonic e a Fujitsu disseram que concordaram em nomear Yasuo Nishiguchi, ex-presidente da Kyocera, como presidente-executivo da nova companhia.

(Por Sophie Knight)