Novas fontes de receitas do Facebook ainda estão em estágio inicial

quinta-feira, 24 de abril de 2014 14:58 BRT
 

SAN FRANCISCO, 24 Abr (Reuters) - O Facebook tem uma mensagem para Wall Street: não esperem uma torrente de novas receitas no curto prazo.

A maior rede social online do mundo divulgou seu mais forte crescimento de receitas em muitos anos durante o primeiro trimestre, enquanto seu negócio de publicidade para celular ganha força.

Mas mesmo que o Facebook tenha dado boas notícias aos investidores, o que levou suas ações a uma alta de quase 3 por cento no after market, a companhia deixou claro que outros esforços para ganhar dinheiro como publicidade para vídeo e anúncios no aplicativo Instagram não trarão frutos no curto prazo.

"Essa foi possivelmente a informação mais desanimadora da teleconferência", disse o analista da Macquarie Research Ben Schachter. "Muitos estavam antecipando uma próxima rodada de crescimento."

A diretora operacional do Facebook, Sheryl Sandberg, disse a analistas em teleconferência na quarta-feira que os anúncios do Instagram, anúncios de vídeo e uma nascente rede de publicidade móvel ainda estavam em fase experimental e que nenhuma delas traria contribuição significativa para as receitas da empresa em 2014.

Isso pode ser um balde de água fria para alguns investidores, que esperavam que o Instagram começasse a gerar receitas em dois anos depois de o Facebook ter adquirido o aplicativo por 1 bilhão de dólares.

"Estamos muito focados em crescimento do consumo, e estamos migrando devagar e propositalmente para a monetização", disse Sandberg, citando o número limitado de anúncios no Instagram. "Não vemos a necessidade de ampliar isso tão rápido quanto possível."

(Por Alexei Oreskovic)