Amazon registra receita maior que esperada no 1o trimestre

quinta-feira, 24 de abril de 2014 21:18 BRT
 

SAN FRANCISCO, 24 Abr (Reuters) - As receitas da Amazon.com subiram mais que o esperado no primeiro trimestre, apesar de ofuscada por um forte aumento dos gastos com tecnologia, conteúdo e novos depósitos enquanto a empresa de comércio eletrônico entra em novos negócios.

A unidade internacional da Amazon, que responde por 40 por cento das vendas, continuou prejudicada enquanto as vendas desaceleraram para 18 por cento durante o trimestre. As vendas unitárias globais, uma medida acompanhada de perto sobre quantos itens a Amazon vendeu, também desacelerou, subindo apenas 23 por cento.

A companhia está investindo fortemente em novos mercados no exterior, particularmente na China, onde enfrenta forte competição com a empresa de e-commerce Alibaba.

"Muitas das coisas que fizemos - garantir que tenhamos os preços justos em benefício dos consumidores, garantir que nosso nível de serviço estejam no lugar certo - são coisas que continuamos trabalhando na China", disse o diretor financeiro Tom Szkutak durante teleconferência.

As receitas da companhia no primeiro trimestre subiram 23 por cento, para 19,74 bilhões de dólares, impulsionadas pelas vendas na América Latina. O número supera as estimativas médias de Wall Street de 19,4 bilhões de dólares, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S. A Amazon reportou lucro por ação de 0,23 dólar, em linha com as projeções.

(Por Deepa Seetharaman)