Brasil desbanca Rússia em estréia na Liga Mundial de vôlei

quarta-feira, 23 de julho de 2008 14:18 BRT
 

Por Pedro Fonseca

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A seleção brasileira atropelou seu primeiro obstáculo na busca pelo oitavo título da Liga Mundial de vôlei. Diante do Maracanãzinho em êxtase, os atuais campeões olímpicos não tomaram conhecimento da forte seleção russa e venceram por 3 sets a 0 (25-23, 25-18 e 25-15), na estréia da fase final da competição, nesta quarta-feira.

Liderada nos ataques por Dante e André Nascimento, e na vibração pelo capitão Giba, a equipe do técnico Bernardinho só chegou a ser ameaçada na primeira parcial, até que o treinador acertou a equipe para dar um espetáculo em quadra nos dois sets seguintes.

Dante e Nascimento foram os maiores pontuadores do Brasil na partida, com 16 e 15 bolas na quadra adversária, respectivamente. O Brasil ainda contou com 7 pontos do capitão Giba.

Do lado russo, Poltavskiy foi o principal atacante, com 16 pontos para a seleção que foi derrotada pelo Brasil na final da Liga Mundial de 2007.

Mesmo no primeiro set, que foi o mais apertado, a equipe brasileira praticamente não cometeu falhas, permitindo aos russos marcar apenas três pontos por erros do Brasil.

Logo no primeiro ponto em jogo, um bloqueio de André Nascimento colocou o Brasil na frente. Com os russos atacando bolas muito altas, o jogo seguiu apertado até 17-17, quando um bloqueio sobre Giba permitiu aos visitantes abrir três pontos em vantagem.

Quando o técnico Bernardinho parou o jogo, o Brasil se acertou em quadra e conseguiu virar para 23-22 num ataque de André Nascimento, explorando o bloqueio. O mesmo André Nascimento fechou a parcial pouco depois, com outro ataque de canhota.

No segundo set, a Rússia largou na frente e conseguiu abrir vantagem de três pontos, mas a diferença durou apenas até uma incrível passagem de André Heller pelo saque. Com o meio-de-rede no serviço, o Brasil deslanchou e abriu 14-11.   Continuação...

 
<p>Jogadores da sele&ccedil;&atilde;o brasileira de v&ocirc;lei comemoram a vit&oacute;ria sobre a R&uacute;ssia na fase final da Liga Mundial, no Rio de Janeiro. Photo by Bruno Domingos</p>