Sem convite, Mark Spitz reclama e pode assistir Phelps pela TV

sábado, 2 de agosto de 2008 17:41 BRT
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - O ex-nadador Mark Spitz reclamou dos dirigentes olímpicos por não ter recebido um convite para assistir à Olimpíada de Pequim in loco e poder ver Michael Phelps tentar quebrar seu recorde na piscina localizada no magnífico Cubo D'Água.

O norte-americano espera que seu recorde, que já dura 36 anos, de sete medalhas de ouro conquistadas numa só Olimpíada seja quebrado por seu compatriota Phelps, e gostaria de testemunhar este momento histórico.

Mas Spitz não tem muitas expectativas em ser convidado pelos organizadores dos Jogos.

"A menos que eu receba um convite, do contrário estarei assistindo pela TV", afirmou Spitz, de 58 anos, numa entrevista recente à Reuters. "Não acredito que isso vá acontecer. Seria bom se acontecesse. Parecia a coisa certa a se fazer."

Phelps está em busca de oito medalhas de ouro em Pequim -- que irão se somar as seis que ele já conquistou nos Jogos de Atenas, em 2004.

Spitz, que estará em Hong Kong a negócios quando a Olimpíada começar em 8 de agosto, declarou que "não tinha nenhum ressentimento" por não ter sido convidado para ir a Pequim.

"Mas acho que passar o bastão seria uma idéia fenomenal", disse.

Um porta-voz do Comitê Olímpico Internacional (COI), em Lausanne, afirmou que Spitz não fora formalmente convidado, mas "suspeito que ele estará lá como sempre esteve".   Continuação...