Felipão confirma saída a jogadores de Portugal em jantar

quinta-feira, 12 de junho de 2008 09:45 BRT
 

GENEBRA (Reuters) - O treinador Luiz Felipe Scolari comunicou sua decisão de trocar a seleção de Portugal pelo Chelsea aos jogadores portugueses na quarta-feira, depois da vitória de Portugal por 3 x 1 sobre a República Tcheca na Eurocopa, informou a Federação Portuguesa de Futebol.

A vitória em Genebra assegurou para Portugal uma vaga nas quartas-de-final da Eurocopa. Poucas horas depois da partida, o Chelsea anunciou que Felipão será seu treinador a partir de 1o de julho.

Em nota divulgada por seu site, a Federação Portuguesa agradeceu o treinador por seus últimos cinco anos de trabalho. Numa foto divulgada no site, ele aparece sendo abraçado pelo presidente da Federação, Gilberto Madail, e aplaudido pelos jogadores ao anunciar sua saída, durante um jantar.

Na nota, a Federação Portuguesa afirma ter certeza de que "toda a equipe técnica, jogadores e restante 'staff' estarão tão ou mais empenhados em atingir os objetivos traçados para o Euro 2008."

"Tendo em conta os superiores interesses da seleção nacional, (Madail e Scolari) não prestarão quaisquer declarações sobre esta matéria até o fim da participação da 'equipa de todos nós' no Euro 2008", acrescenta a nota.

O Chelsea também informou que só deve se manifestar depois que Felipão começar a trabalhar no time inglês.

O diário esportivo A Bolsa disse que o Chelsea informou a Scolari que não poderia adiar o anúncio até o fim da participação portuguesa na Eurocopa. De acordo com o jornal, o contrato do técnico será de três anos, com um valor de 6 milhões de euros por temporada.

O site do A Bola disse ainda que Felipão exigiu que o anúncio só fosse feito depois que Portugal tivesse assegurado vaga nas quartas-de-final.

O treinador só deve voltar a falar com jornalistas na entrevista coletiva de sábado, véspera da última rodada do Grupo A, contra a já eliminada anfitriã Suíça.

Campeão mundial pelo Brasil em 2002, Felipão dirige Portugal desde 2003. Levou o time à final da Eurocopa de 2004, realizada no próprio país, e às semifinais da Copa de 2006, na Alemanha.

 
<p>Luiz Felipe Scolari durante coletiva de imprensa na Su&iacute;&ccedil;a em 11 de junho de 2008   REUTERS. Photo by Eddie Keogh</p>