Dunga alfineta Luxemburgo na chegada ao Brasil após bronze

segunda-feira, 25 de agosto de 2008 16:50 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Criticado após a conquista da medalha de bronze em Pequim, o técnico Dunga partiu para o ataque ao afirmar que Vanderlei Luxemburgo, um dos concorrentes para a função de treinador da seleção brasileira, não conquistou medalha nos Jogos de Sydney, em 2000.

Dunga destacou que teve pouco tempo para preparar a seleção para os Jogos de Pequim, enquanto Luxemburgo fez um longo trabalho com a equipe olímpica eliminada por Camarões nas quartas-de-final em 2000.

"O Vanderlei já esteve lá e teve um ano para se preparar e não trouxe medalha", disse Dunga a jornalistas nesta segunda-feira, no desembarque em São Paulo.

Ao ser questionado se vai permanecer no cargo de treinador após a Olimpíada, Dunga afirmou que a pergunta deveria ser direcionada ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira. "Esse é um cargo de confiança e a pergunta deve ser feita ao Ricardo Teixeira", afirmou.

O treinador atribuiu a derrota para a Argentina na semifinal ao pouco tempo de preparação para os Jogos de Pequim. "É complicado montar um grupo em quinze dias. Fica difícil de trabalhar assim", avaliou.

Dunga convocou na semana passada a seleção para os jogos contra Chile e Bolívia, pelas eliminatórias da Copa de 2010, em setembro.