30 de Março de 2008 / às 19:33 / 9 anos atrás

Chelsea mantém pressão sobre United com vitória apertada

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - O Chelsea manteve vivas suas esperanças de título na liga inglesa com uma vitória de 1 x 0 sobre o Middlesbrough neste domingo, mas seu desempenho despertou pouca preocupação ao líder Manchester United.

A cabeçada bem colocada de Ricardo Carvalho, nos primeiros seis minutos de jogo, se mostrou suficiente para o time de Avram Grant diminuir para cinco pontos o espaço que o separa do rival, mas a equipe contou com a sorte ao ver o atacante brasileiro do Middlesbrough Afonso Alves acertar a trave duas vezes.

Mais tarde, o Liverpool completou a sequência de vitórias dos quatro melhor colocados na tabela no final de semana com um êxito de 1 x 0 sobre o Everton. O resultado reforçou o time na quarta colocação, que lhe garante uma vaga nas eliminatórias da Liga dos Campeões.

O espanhol Fernando Torres marcou seu 21o gol na liga nesta temporada na vitória sobre um Everton apático, que agora parece destinado a uma vaga na Copa da Uefa.

O Chelsea, invicto em casa há quatro anos no campeonato inglês, sobreviveu a um segundo tempo nervoso e se colocou acima do Arsenal na segunda colocação com 71 pontos em 32 jogos, enquanto o United soma 76 pontos depois da vitória de 4 x 0 sobre o Aston Villa no sábado.

O Arsenal, que bateu o Bolton Wanderers por 3 x 2 no sábado, tem 70 pontos, o Liverpool acumula 62 e o Everton soma 57 pontos.

O desempenho claudicante do Chelsea pouco ajudou para fazer crer que o time vai recuperar terreno nos seis jogos que ainda disputa, um deles contra o United em casa.

“Foi importante vencer neste ponto da temporada, mas faltou qualidade hoje”, disse o técnico Avram Grant à Setanta Sports. “Talvez tenhamos marcado muito cedo. Não jogamos nosso jogo e às vezes não há razão para isso.”

A poderosa cabeçada de Carvalho depois da cobrança de falta de Wayne Bridge já insinuou uma tarde fácil para o Chelsea, mas Didier Drogba, Joe Cole e Shaun Wright-Phillips desperdiçaram boas chances de obter um resultado mais sólido.

Alves, que ainda não fez um gol desde que assinou seu contrato de 12 milhões de euros em janeiro, entrou depois de uma hora de jogo e deveria ter empatado quase imediatamente com uma cabeçada literalmente na cara do gol de Carlo Cudicini.

A 20 minutos do encerramento, um péssimo erro de julgamento de Cudicini deixou a bola para Alves diante de um gol vazio, mas desta vez seu chute curvo bateu na trave.

Alves continuou a preocupar a defesa do Chelsea e ainda mandou uma cabeçada contra o travessão. A bola foi para Wheater, que também balançou a trave.

O Middlesbrough caiu para a 13a colocação, abaixo do Newcastle United, que suavizou seus temores de rebaixamento com uma vitória de 4 x 1 sobre o Tottenham Hotspur depois de sair perdendo. Nicky Butt, Geremi, Michael Owen e Obafemi Martins fizeram sua parte.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below