16 de Agosto de 2008 / às 17:07 / em 9 anos

EUA atropelam campeã mundial Espanha;China garante vagas nas 4as

PEQUIM (Reuters) - A seleção espanhola de basquete, atual campeã mundial, caiu neste sábado diante dos Estados Unidos por 119 a 82, em partida da fase preliminar da Olimpíada de Pequim na qual os norte-americanos comprovaram sua força para buscar a medalha de ouro.

O time espanhol aguentou apenas durante alguns minutos o jogo dos profissionais da liga dos EUA, que esmagaram os espanhóis e venceram o confronto com facilidade. Deste modo, os EUA garantiram a liderança do Grupo B, enquanto a Espanha ocupa a segunda colocação.

Ainda neste sábado, a China derrotou a Alemanha com 25 pontos de Yao Ming. Emocionado, Yao chegou perto das lágrimas ao levar a seleção da casa às quartas-de-final do torneio de basquete olímpico.

Empurrado por uma grande platéia, o pivô do Houston Rockets anotou 25 pontos na vitória de 59 a 55 sobre os alemães e deixou a quadra a 7,2 segundos do final, com os punhos cerrados em comemoração e ao som de gritos ensurdecedores.

"É um momento que você nunca vai querer esquecer na vida", disse um Yao Ming emocionado à Reuters. "Não são só cinco jogadores, havia 18 mil torcedores conosco, e isso é uma força muito poderosa nos apoiando".

"Estou muito empolgado agora. Me dê um tempo!", acrescentou.

A China liderava com 12 pontos pouco antes de Dirk Nowitzki provocar uma reação alemã. Um arremesso Yao levou o placar a 56 a 52, faltando 2min14, quando Nowitzki reagiu com um chute de três pontos, dando início a um furioso embate de gigantes da NBA.

Mas uma falta de Nowitzki selou a segunda vitória chinesa no Grupo B e acabou com as esperanças alemãs de uma vaga entre os oito melhores. Nowitzki terminou com 24 pontos na terceira derrota da Alemanha em quatro jogos.

Atual campeã olímpica, a Argentina foi outra a avançar para as quartas-de-final com uma vitória de 97 a 82 sobre o Irã, com 32 pontos de Manu Ginobili, armador do San Antonio Spurs.

O capitão argentino assumiu a quadra no terceiro quarto, marcando 17 pontos, incluindo quatro lances de três pontos que abriram o caminho para sua seleção. "Não foi algo premeditado", disse Ginóbili. "Fiz alguns arremessos e todos estavam entrando."

A Argentina soma três vitórias contra uma derrota no Grupo A, atrás da invicta Lituânia, que ressaltou sua credencial de possível medalhista com sua quarta vitória consecutiva. A Lituânia, bronze olímpico em 1992, 1996 e 2000, estava subestimada antes de Pequim, já que se esperava que EUA, Argentina e Espanha dominassem o basquete masculino.

"Não nos importamos com isso", desdenhou o ala Linas Kleiza, do Denver Nuggets. "Não precisamos de atenção. Sabemos do que somos capazes."

A Croácia tem duas derrotas e duas vitórias no Grupo A, enquanto a Austrália bateu a Rússia por 95 a 80, deixando os campeões europeus em dificuldades com suas três derrotas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below