Nalbandian volta a surpreender Federer, agora em Paris

quinta-feira, 1 de novembro de 2007 20:44 BRST
 

Por Patrick Vignal

PARIS (Reuters) - David Nalbandian consolidou sua reputação como adversário-pesadelo de Roger Federer, vencendo o número um do mundo por 6-4 e 7-6, na terceira rodada do Masters Series de Paris, na quinta-feira.

Onze dias depois de derrotá-lo na final do Masters de Madri, o argentino, que não chegou como cabeça-de-chave ao torneio, manteve a frieza contra o elegante suíço, que já se garantiu como o melhor tenista da temporada pelo quarto ano consecutivo.

Em 16 confrontos, houve oito vitórias para cada um, inclusive na famosa final da Masters Cup em 2005, quando o argentino levou a melhor. Agora, Nalbandian pega o espanhol David Ferrer nas quartas-de-final.

Ferrer, sexto cabeça-de-chave no torneio que dá prêmio de 2,45 milhões de dólares, passou às oitavas batendo o tcheco Tomas Berdych, vencedor em 2004, por 6-4 e 6-2.

Nalbandian fez um começo impecável, abrindo 5-2. Federer lutou, salvou cinco set points, mas acabou vendo o argentino fechar o set com um lindo forehand na diagonal.

Ele continuou em vantagem no segundo set e teve um match point quando estava 5-4. Mas Federer quebrou seu serviço e forçou um tiebreak, em que ainda conseguiu sobreviver a um match point, para então mandar a bola para fora com um forehand, permitindo que seu adversário vencesse o game de desempate por 7-3.

Antes, o britânico Andy Murray, 20 anos, se aproximou de uma vaga na Masters Cup ao derrotar o francês Fabrice Santoro (6-4 e 6-2), 34 anos, em apenas 69 minutos.

Os oito melhores tenistas da temporada disputam a Masters Cup entre os dias 11 e 18 em Xangai, e Murray luta com vários outros tenistas por uma das duas vagas ainda em aberto.

O próximo confronto dele é contra outro candidato à Masters Cup, o francês Richard Gasquet, que com a ajuda da torcida venceu o norte-americano James Blake por um duplo 6-4.

Rafael Nadal, número dois do mundo e estreante no torneio, passou com muita raça pelo suíço Stanislas Wawrinka (6-4 e 6-3) e pega na próxima rodada o vencedor do confronto entre o alemão Tommy Haas e o russo Mikhail Youzhny.