Duelo brasileiro na semifinal garante medalha no vôlei d praia

segunda-feira, 18 de agosto de 2008 13:25 BRT
 

Por Alberto Alerigi Jr.

PEQUIM (Reuters) - Só deu Brasil nesta segunda-feira nas areias de Pequim. As duas duplas masculinas do país atropelaram os times da Alemanha e dos Estados Unidos e se classificaram para semifinais, garantindo pelo menos a medalha de prata para o Brasil na modalidade.

Márcio Araújo e Fábio Luiz marcaram 2 sets a 0 contra Gosch e Horst, da Alemanha, enquanto os atuais campões olímpicos Ricardo e Emanuel repetiram o placar na eliminação da dupla norte-americana Gibb e Rosenthal.

"Essa semifinal mostra a força e a qualidade técnica que o Brasil tem", disse Ricardo, que jogou sentindo o tornozelo que vem tratando há cerca de três meses e ainda dá trabalho ao jogador.

A expectativa de Emanuel é que o jogo contra Márcio e Fábio seja muito truncado por conta da familiaridade que os times têm. "Jogar contra o Brasil é sempre um jogo difícil, ainda mais sendo decisivo. Vai ser uma partida muito estudada", disse Emanuel, fazendo mistério sobre a tática que sua dupla usará contra seus colegas de delegação.

Segundo o jogador, 60 por cento de uma partida em fase eliminatória é emoção e o restante é tática de jogo. Emanuel, nove vezes campeão do Circuito Mundial e hexacampeão brasileiro afirmou que a partida em que sua equipe quase viu a Rússia ganhar, no sábado, serviu como "treino" para o jogo desta segunda-feira. "Aquele jogo demonstrou que nosso time ainda tem fraquezas e serviu para treinarmos nossas dificuldades."

Apesar da vitória por 21-18 e 21-16, a dupla brasileira tomou um susto quando, em ataque contra Gibb e Rosenthal, Emanuel tomou um "tostão" na perna esquerda e caiu sentindo muita dor.

Mas o brasileiro se levantou e continuou jogando. "Eu já estou com dor e agora ele? Não daria não, eu preciso muito dele", disse Ricardo, hexacampeão do Circuito Mundial e tricampeão brasileiro ao comentar sobre o que sentiu ao ver a queda de seu parceiro.

A partida foi tão disputada que o placar teimou em ficar empatado quase todo o tempo, apesar dos gritos da torcida brasileira que fez o coro "sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor" e da torcida norte-americana, que repetiu o mantra "USA, USA".   Continuação...

 
<p>Os brasileiros Ricardo Santos e Emanuel Rego (dir)  comemoram vit&oacute;ria sobre os EUA no v&ocirc;lei de praia. S&oacute; deu Brasil nesta segunda-feira nas areias de Pequim. As duas duplas masculinas do pa&iacute;s atropelaram os times da Alemanha e dos Estados Unidos e se classificaram para semifinais, garantindo pelo menos a medalha de prata para o Brasil na modalidade. Photo by Carlos Barria</p>