16 de Junho de 2008 / às 12:05 / em 9 anos

Lakers arrancam vitória dos Celtics e decisão volta a Boston

<p>Pau Gasol, do Los Angeles Lakers, e P.J. Photo by Lucy Nicholson</p>

Por Steve Ginsburg

LOS ANGELES (Reuters) - O Los Angeles Lakers manteve viva a esperança de conquistar o campeonato norte-americano de basquete ao vencer o Boston Celtics por 103 a 98, no domingo, diminuindo para 3 x 2 a vantagem do adversário nos playoffs finais da NBA.

Kobe Bryant marcou cinco de seus 25 pontos nos 2 minutos e 14 segundos finais da partida, ajudando a prorrogar a temporada dos Lakers e mandando a disputa em melhor de sete partidas de volta para Boston, onde o jogo de número 6 ocorre na terça-feira.

“Eu não queria ver os Celtics comemorando na minha quadra com champanhe e tudo o mais”, afirmou Pau Gasol, dos Lakers. “Não jogamos a nossa melhor partida, mas nos esforçamos ao máximo.”

Os Celtics marcaram 16 a 2 no último quarto para transformar uma desvantagem de 88 a 74 em um empate em 90 a 90 a quatro minutos do final da partida

Bryant, no entanto, mostrou as caras e carimbou a vitória com uma grande jogada defensiva, tirando uma bola de Paul Pierce quando os Lakers agarravam-se a uma liderança de 97 a 95, a 40 segundos do final.

Lamar Odom, dos Lakers, pegou a bola do chão e fez um passe longo para Bryant, cuja cesta aumentou a vantagem do time da casa para quatro pontos, faltando 37 segundos para acabar o jogo.

“Ele roubou a bola de forma maravilhosa”, disse Doc Rivers, técnico do Boston. “Ele fez um esforço realmente sobre-humano porque Paul já tinha passado por ele. Não havia outra opção.”

“Ele conseguiu vir por trás e tocar a bola. Foi uma grande jogada, é preciso reconhecer.”

Bryant acertou apenas oito de seus 21 arremessos e fez com que seu time perdesse seis ataques, mas sagrou-se no final.

“Eu joguei mal”, disse Bryant, MVP da liga. “Ninguém consegue arremessar muito bem contra esse time porque eles estão sempre em cima da gente.”

“Mas o importante para mim é entrar em ação no momento certo.”

Devido às dificuldades ofensivas de Bryant, os Lakers precisaram contar com as boas atuações de Odom (20 pontos), Gasol (19 pontos e 13 rebotes) e Derek Fisher (15 pontos).

Pierce, que anotou 38 pontos convertendo dez de 22 arremessos e 16 de 19 lances livres, disse que parar Bryant havia sido “a principal missão” defensiva do Boston.

“Ele é o tipo de cara que consegue vencer um jogo sozinho. Então, toda a nossa estratégia consistiu em cercá-lo e fazer com que outros caras arremessassem”, disse Pierce.

“Infelizmente, no entanto, permitimos que os outros caras nos vencessem.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below