7 de Agosto de 2008 / às 16:10 / 9 anos atrás

China exibe tocha na Muralha; Bush critica país

<p>China exibe tocha na Muralha; Bush critica pa&iacute;s. A China desfilou a tocha ol&iacute;mpica pela sua Grande Muralha, um dia antes da cerim&ocirc;nia de abertura da Olimp&iacute;ada com a qual o pa&iacute;s quer exibir sua modernidade e prosperidade. 7 de agosto. Photo by Joe Chan</p>

Por Simon Denyer

PEQUIM (Reuters) - A China desfilou na quinta-feira a tocha olímpica pela sua Grande Muralha, um dia antes da cerimônia de abertura da Olimpíada com a qual o país quer exibir sua modernidade e prosperidade.

Pombas foram soltas sob uma chuva de confetes, enquanto corredores transportavam a tocha sobre as rampas da Muralha, cobertas de névoa àquela hora da manhã. A tradição do percurso da tocha remonta à Olimpíada de Berlim-1936.

Na sexta-feira, a tocha entrará no estádio Ninho de Pássaro para a cerimônia de abertura dos 16 dias de Jogos.

Mas o evento também rende críticas aos anfitriões. A caminho de Pequim, o presidente George W. Bush, que chegou à capital chinesa nesta quinta, usou termos excepcionalmente duros para cobrar mais liberdades na China, país que para muitos deve disputar com os EUA a hegemonia global neste século.

"Os Estados Unidos acreditam que o povo da China merece aliberdade fundamental que é um direito natural de todos os seres humanos", comentou Bush.

"Nós defendemos uma imprensa livre, liberdade de reunião, direitos trabalhistas, não simplesmente para nos opor aos líderes chineses, mas porque confiar em seu povo dando a ele mais liberdade é a única maneira de a China desenvolver todo o seu potencial."

Pequim reagiu dizendo que seu povo desfruta de muitas liberdades, mas fez um alerta: "Nós nos opomos resolutamente a quaisquer palavras ou ações que interfiram nos assuntos internos de outro país em nome de questões como direitos humanos e religião."

Em outro constrangimento para o regime comunista, 40 atletas participantes da Olimpíada aderiram a um abaixo-assinado pedindo uma solução pacífica para a questão do Tibete.

BOLA ROLANDO

Deixando a política de lado, o esporte já começou em Pequim. Na quarta-feira, a seleção feminina de futebol da China venceu na sua estréia, enquanto a do Brasil empatou sem gols com a Alemanha.

Na quinta, Ronaldinho e companhia estrearam com vitória na busca pelo inédito ouro do futebol masculino -- 1 x 0 sobre a Bélgica.

Em toda a China, cresce a excitação com o início oficial da Olimpíada, que terá a cerimônia mais cara de todos os tempos. No total, a China gastou 40 bilhões de dólares para o evento.

Nesta semana, no percurso final da tocha pela China, multidões entusiasmadas, mas rigidamente organizadas pelo governo, aplaudiram a chama olímpica, contrabalançando parcialmente os protestos (especialmente com relação a Tibete) ocorridos em várias etapas no exterior.

"Houve problemas com a tocha, mas agora é hora da festa!", disse o estudante Weng Chengyu, 28 anos, entre a multidão que dançava e cantava perto da Grande Muralha.

OLHO NO CÉU

Para os atletas, a maior preocupação agora é com o calor e a poluição. Na quinta-feira, a cidade continuava coberta de névoa, mas as autoridades, que gastaram 18 milhões de dólares no combate à contaminação atmosférica, dizem que a qualidade do ar está boa.

Agosto é um mês de chuvas de verão, e os organizadores cogitam usar uma tecnologia experimental para estimular a precipitação e evitar que a água caia durante a cerimônia de sexta-feira.

O jogador de basquete Yao Ming, de 2m29, será o porta-bandeira da China na cerimônia. Desta vez, não haverá desfile unificado das duas Coréias, como em 2000 e 2004.

Apesar de haver 100 mil policiais e soldados de prontidão, pequenos grupos de manifestantes surgiram nesta semana para protestar a respeito da situação do Tibete, do aborto e dos direitos dos animais.

Na quinta-feira, policiais à paisana detiveram três ativistas cristãos norte-americanas que foram à praça da Paz Celestial exigir liberdade religiosa na China.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below