Alonso diz que não pensa em ser tri pela Renault

terça-feira, 18 de dezembro de 2007 10:11 BRST
 

MADRI (Reuters) - O bicampeão mundial Fernando Alonso vê muito futuro na sua volta à Renault em 2008, mas acha difícil vencer o campeonato de Fórmula 1 pela equipe.

"Era uma decisão difícil", disse ele à rádio espanhola Cadena SER, referindo-se à volta à Renault depois de um ano de muitos atritos na McLaren.

"Decidimos pela Renault por ser uma decisão otimista, (mas) hoje em dia é loucura pensar que posso ganhar o Mundial com a Renault. Hoje em dia não penso no Mundial, penso em melhorar o carro."

Alonso, 26 anos, foi campeão pela Renault em 2005 e 2006. Neste ano, o espanhol teve chances de ser tricampeão até a última prova, em São Paulo, quando foi superado por Kimi Raikkonen, da Ferrari.

O companheiro de Alonso será o brasileiro Nelsinho Piquet, com quem ele acha que não terá os mesmos problemas de relacionamento que enfrentou no ano passado com outro estreante, o britânico Lewis Hamilton.

Mesmo assim, ele minimizou os atritos na McLaren. "Não sofri nem 10 por cento do que escreveram. É injusto ficar com a má imagem que deram. A 20 voltas para terminar o campeonato, eu estava ganhando o Mundial. No final, dá para entender a postura de todo mundo."

Ele disse que não foi procurado pela Ferrari para 2008. "Quando deixei a McLaren, todas as equipes se aproximaram, menos a Ferrari. A Ferrari é a Fórmula 1, e se pudesse algum dia correr na Ferrari certamente eu me divertiria."

 
<p>O bicampe&atilde;o mundial Fernando Alonso v&ecirc; muito futuro na sua volta &agrave; Renault em 2008, mas acha dif&iacute;cil vencer o campeonato de F&oacute;rmula 1 pela equipe. Photo by Reuters (Handout)</p>