Platini acredita que conseguirá reformar Liga dos Campeões

sexta-feira, 5 de outubro de 2007 15:49 BRT
 

ZURIQUE (Reuters) - O presidente da Uefa, Michel Platini, disse estar confiante em conseguir realizar as reformas na Liga dos Campeões, apesar da oposição de vários clubes importantes e de ligas profissionais.

O comitê executivo da Uefa deve votar as propostas de Platini até o final de novembro. Entre elas estão a redução no número de participantes dos países peso pesados do futebol, para dar espaço aos campeões nacionais de ligas menos expressivas.

"Não sei por que precisamos ter o terceiro colocado da França e o quarto colocado da Inglaterra ou da Itália e não ter os campeões da Polônia ou da Romênia ... A idéia de que países não devem participar por serem pobres e não ter grandes direitos de TV não é minha filosofia para o futebol, e vou defender essa filosofia mesmo que tenha de negociar e fazer política, às vezes."

O grupo G14 dos 18 principais clubes europeus, que não é reconhecido pela Uefa nem pela Fifa, já manifestou sua oposição aos planos.