Presidente da Ferrari confia em recuperação no GP da Malásia

quarta-feira, 19 de março de 2008 15:23 BRT
 

ROMA (Reuters) - O presidente da Ferrari, Luca Cordero di Montezemolo, afirmou na quarta-feira estar seguro de que sua equipe conseguirá se recuperar na Malásia, no próximo fim de semana, depois de ter iniciado de forma catastrófica a atual temporada de Fórmula 1, no Grande Prêmio da Austrália.

Nenhum dos dois pilotos da escuderia italiana terminou a prova de domingo, apesar de o atual campeão mundial, Kimi Raikkonen, ter conquistado um ponto depois de Rubens Barrichello, da Honda, ter sido desclassificado em uma corrida na qual somente sete carros receberam a bandeirada final.

Lewis Hamilton, da McLaren, venceu a prova.

"Tenho muita confiança em nossa equipe", afirmou Montezemolo ao site Sky Web (www.skylife.it).

"Eles saberão aprender com o que aconteceu e, no próximo Grande Prêmio, veremos a verdadeira Ferrari."

Segundo Montezemolo, o ex-dirigente da equipe Jean Todt, que renunciou ao cargo de CEO da Ferrari na terça-feira, mas continua a integrar a diretoria, estava ajudando a descobrir o que fez com que os motores de Raikkonen e do brasileiro Felipe Massa sofressem panes em Melbourne.

"Estamos trabalhando noite e dia porque queremos realizar uma boa prova no domingo", afirmou. "Todt me telefonou. Nós talvez já tenhamos descoberto o que aconteceu com os dois motores."

(Texto de Paul Virgo)