Felipão fica frustrado por não ter levado Portugal à semi

quinta-feira, 19 de junho de 2008 20:13 BRT
 

Por Rex Gowar

BASILÉIA (Reuters) - Luiz Felipe Scolari concluiu sua passagem pela seleção portuguesa descontente por não ter conseguido cumprir a promessa de levar o time às semifinais da Eurocopa 2008.

"Sinto-me frustrado por ter falhado em relação ao que eu tinha praticamente prometido à federação (portuguesa), sobre conseguirmos nos colocar entre as quatro melhores seleções da Europa", afirmou Scolari em uma entrevista coletiva realizada depois da derrota para os alemães, por 3 x 2, na quinta-feira.

"Portugal tinha qualidade para conseguir isso", disse o brasileiro, que havia conseguido levar os portugueses à final da Euro 2004.

O time de Scolari, que tentava chegar às semifinais da competição pela terceira vez consecutiva, era apontado como um dos favoritos ao título depois de ter vencido dois dos três jogos disputados na fase de grupo.

Mas a derrota mostrou a fraqueza de Portugal na defesa. A seleção portuguesa permitiu que os alemães marcassem dois gols em faltas cobradas por Bastian Schweinsteiger, o nome do jogo e ele próprio autor de um outro gol.

"Perdemos porque a Alemanha esteve melhor em alguns de seus fundamentos, principalmente nas jogadas de bola parada, ao passo que nós falhamos nos nossos", disse Scolari, que assumirá no próximo mês o comando do time inglês Chelsea.

EMPURRÃO DE BALLACK

Scolari, que ficou à frente da seleção portuguesa durante quatro anos e meio, período no qual o time também chegou à semifinal da Copa do Mundo de 2006, disse que o capitão da equipe alemã, Michael Ballack, empurrou seu companheiro de equipe no Chelsea Paulo Ferreira ao fazer o terceiro gol em uma cabeçada, já no segundo tempo.   Continuação...