Eliminatórias da Copa não têm resultado arranjado, diz Fifa

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007 20:09 BRST
 

Por Mark Ledsom

BERNA, Suíça (Reuters) - A primeira fase das eliminatórias para a Copa de 2010 não apresenta sinais de manipulação de resultados, disse a Fifa na sexta-feira.

Nota divulgada pela entidade diz que o sistema criado para monitorar apostas em jogos internacionais não detectou "nenhuma atividade irregular de apostas durante a primeira fase da competição preliminar da Copa do Mundo de 2010 da Fifa".

"Pode-se, portanto, concluir que não houve tentativas dos círculos de apostadores de influenciar ou manipular aproximadamente 90 partidas que foram disputadas desde agosto de 2007".

Suspeitas de manipulação foram levantadas na semana passada, quando a Uefa (entidade que dirige o futebol europeu) disse ter enviado à polícia européia um dossiê com informações a respeito de 15 jogos.

A Uefa disse que tais partidas chamaram a atenção por causa de desvios no padrão das apostas, e não porque haja provas concretas por parte dos times envolvidos.

Pelo menos uma partida está sendo formalmente investigada, a que foi disputada entre o Cherno More Varna, da Bulgária, e o Makednija Skopje, da Macedônia, pela Copa Intertoto. A Uefa acusa o Cherno More de ter aceitado suborno, o que o time búlgaro nega.

Apesar da aparente lisura das eliminatórias, a Fifa se disse na sexta-feira preocupada com os fatos na Uefa.

"Esta é uma séria ameaça ao futebol", disse o presidente da Fifa, Joseph Blatter, na nota. "Não temos dúvida, porém, de que a Uefa fará de tudo em seu poder para resolver o problema."

"É claro que a Fifa está oferecendo uma mão ao disponibilizar o sistema de alerta precoce [sobre apostas irregulares] a todas as confederações e associações."

A Fifa disse que o sistema de alerta está operacional há seis meses, depois de ter sido testado em jogos da Copa de 2006, na Alemanha.