Hamilton escapa de punição depois de incidente no Japão

sexta-feira, 5 de outubro de 2007 09:57 BRT
 

Por Alan Baldwin

XANGAI (Reuters) - O líder do campeonato de Fórmula 1, o piloto da McLaren Lewis Hamilton, escapou de uma punição nesta sexta-feira depois de uma investigação sobre uma manobra no Grande Prêmio do Japão no último fim de semana, informou a Federação Internacional do Automobilismo (FIA).

O piloto da Toro Rosso Sebastian Vettel, que colidiu com Mark Webber (Red Bull) na corrida de domingo, quando seguia Hamilton atrás do safety car, e que havia sido punido com a perda de 10 lugares no grid de largada, recebeu apenas uma reprimenda.

Hamilton, de 22 anos, que pode se tornar o primeiro estreante a vencer o campeonato, corria o risco de perder dez posições no grid de largada em Xangai, penúltima prova do ano.

Uma porta-voz da FIA, entidade que comanda o automobilismo, disse na quinta-feira que haviam surgido novas provas sobre a colisão ocorrida no domingo

Os responsáveis pela investigação avaliaram as suspeitas de que Hamilton estaria dirigindo perto demais do carro da organização.

Um vídeo divulgado na Internet mostra uma colisão entre Mark Webber e Sebastian Vettel. Ambos seguiam Hamilton na pista molhada do circuito de Fuji.

O estreante alemão Vettel foi inicialmente apontado como responsável pela batida.

Hamilton tem vantagem de 12 pontos sobre seu colega de equipe, o bicampeão Fernando Alonso. O único outro piloto ainda com chances matemáticas de chegar ao título é Kimi Raikkonen, 17 pontos atrás do líder.

(Por Alan Baldwin)