Riquelme inspira Argentina; técnico do Equador se demite

domingo, 18 de novembro de 2007 12:07 BRST
 

Por Brian Homewood

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Argentina, auxiliada por um desempenho espetacular de Juan Roman Riquelme, manteve sua campanha perfeita nas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo no sábado. Já o técnico equatoriano Luis Fernando Suarez se demitiu após a derrota de 5 x 1 sofrida por sua seleção para o Paraguai.

Riquelme marcou dois gols no segundo tempo, incluindo uma cobrança de falta excepcional, na vitória de 3 x 0 sobre a Bolívia, que deixa a Argentina com nove pontos em três jogos no grupo sul-americano.

As chances de uma terceira participação consecutiva do Equador no mundial parecem escassas depois deste fracasso, que se seguiu à derrota de 5 x 0 para o Brasil no mês passado.

O resultado, que deixou o time sem pontos e na lanterna do grupo de dez times, levou Suarez a se demitir e se tornar o primeiro técnico a ser vitimado pela competição.

No outro jogo do sábado, a Colômbia escapou de um terceiro empate sem gols quando Ruben Dario Bustos conferiu uma cobrança de falta e deu ao time uma vitória de 1 x 0 sobre a Venezuela.

A Colômbia marcou seu primeiro gol na competição quando Ruben Dario Bustos bateu uma cobrança de falta faltando oito minutos para o encerramento da disputa contra a Venezuela.

O gol despertou intensas comemorações na capital, Bogotá, onde o público vinha se exasperando ao ver que a pressão da sua seleção tinha dificuldades para romper a barreira de Leonardo Morales.

A Colômbia, cuja última participação em uma Copa foi em 1998, tem cinco pontos, enquanto a Venezuela, que nunca participou de um mundial, soma três pontos.   Continuação...

 
<p>O t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o do Equador, Luis Fernando Suarez, durante partida contra o Paraguai. Suarez se demitiu ap&oacute;s a derrota de 5 x 1 sofrida por sua sele&ccedil;&atilde;o para o Paraguai. Photo by Jorge Adorno</p>