La Coruña afasta seus goleiros até o fim da temporada

sábado, 12 de janeiro de 2008 17:54 BRST
 

MADRI (Reuters) - Os goleiros do Deportivo La Coruña Dudu Aouate e Gustavo Munia serão afastados do time até o fim da temporada depois de um incidente acontecido nos vestiários, disse Miguel Angel Lotina, técnico do time que disputa a primeira divisão do Campeonato Espanhol, neste sábado.

Aouate, jogador da seleção de Israel, precisou de pontos ao redor de seu olho esquerdo após um incidente que ocorreu no fim dos treinos da última sexta-feira, quando o uruguaio Munua teria esmurrado a cara de seu companheiro de time.

"Eu tenho o apoio do clube e nós vamos ser duros e severos", disse Lotina em uma entrevista coletiva.

"Os vestiários são um local de união e não vamos permitir que ele seja dividido. Minha idéia é que (o goleiro do time B) Fabricio seja a primeira opção pelo resto da temporada. Eu não vou permitir má conduta sob quaisquer circunstâncias."

Um pouco antes da decisão, Aouate disse que estava chocado em razão do que aconteceu entre ele e Munua.

"Foi uma surpresa. Depois do treino, eu tomei banho e fui me trocar. Munua veio e disse: 'Para quem você está olhando?'. Eu levei um soco no olho e ele começou a sangrar muito. Todo o time estava lá e todos ficaram chocados", teria dito Aouate ao diário esportivo Marca neste sábado.

"Não foi uma briga. Ele me acertou sem qualquer explicação. Eu estou surpreso por um companheiro de equipe ter feito isso."

O atleta de 30 anos era o número um do La Coruña desde que chegou do Racing Santander, em 2006, mas foi para o banco depois de uma derrota em casa por 2 x 1 para o Osasuna no começo de dezembro, e foi substituído pelo reserva de 29 anos Munua.

O La Coruña é o penúltimo colocado no campeonato, a dois pontos da zona livre do rebaixamento.