Partida do Atalanta é cancelada por distúrbios com torcedores

domingo, 11 de novembro de 2007 15:28 BRST
 

MILÃO (Reuters) - A partida do Atalanta contra o Milan na tarde deste domingo foi cancelada depois que torcedores tentaram destruir uma barreira de vidro que os mantinha à distância do campo.

Discussões entre os times, o árbitro e a polícia levaram à decisão, que foi comunicada ao público pelo sistema de som.

A violência havia irrompido do lado de fora do estádio em Bergamo antes do início da partida, depois que foi divulgado que um torcedor da Lazio foi morto acidentalmente por um policial em um posto de estrada.

Um pequeno grupo de torcedores continuou a se comportar mal dentro do estádio e começou a investir contra a grade com punhos e objetos durante a partida.

Os jogadores do Atalanta se dirigiram aos torcedores localizados atrás do gol na tentativa de acalmá-los, e pouco depois o árbitro conduziu todos os jogadores para fora do campo com menos de 10 minutos transcorridos de jogo.

Dois buracos foram abertos na barreira próxima ao gol pelos torcedores, que tinham os rostos cobertos com cachecóis.

A ordem foi restaurada rapidamente e os torcedores esperaram por cerca de 40 minutos antes da decisão do cancelamento ser anunciada.

O jogo havia sido iniciado, com 10 minutos de atraso, apesar das escaramuças entre torcedores e a polícia do lado de fora do estádio. Dois policiais ficaram levemente feridos, disse a polícia local.

A partida da Inter de Milão com a Lazio, marcada para este domingo, já havia sido adiada depois da morte do torcedor da Lazio.