CORREÇÃO-Técnico da Itália diz que atacantes estão cansados

quarta-feira, 18 de junho de 2008 14:42 BRT
 

(Corrige país onde fica a cidade de Baden)

Por Mark Meadows

BADEN, Áustria (Reuters) - Os atacantes estão achando a Eurocopa de 2008 mais difícil do que os jogadores da defesa por causa das exigências de uma longa temporada, disse nesta quarta-feira o técnico da Itália, Roberto Donadoni.

Os campeões mundiais derrotaram na terça-feira por 2 x 0 a seleção da França, que estava com 10 jogadores em campo, em seu jogo final do Grupo C, e vão disputar as quartas-de-final com a Espanha no domingo, em Viena.

Até agora nenhum dos atacantes do time de Donadoni marcou, mas o técnico se recusa a repreender severamente Luca Toni, Antonio Cassano, Alessandro Del Piero ou Antonio Di Natale.

"Acredito que estamos num período da temporada que não é fácil. Depois de uma temporada longa, dura, é muito mais fácil para os jogadores da defesa do que para os atacantes", disse ele em uma coletiva de imprensa.

Donadoni, de 44 anos, reconheceu que sua avaliação pode não ser verdadeira em relação à Espanha, cujos atacantes estão deslanchando e o goleador David Villa marcou três gols em sua estréia na vitória de 4 x 1 sobre a Rússia.

"Se você não pode começar brilhantemente contra eles você estará sempre em segundo plano. São oponentes complicados", comentou Donadoni.

A Espanha derrotou a Itália por 1 x 0 em um amistoso em março, mas nunca venceu os italianos em um grande torneio de futebol, a não ser nas Olimpíadas.

Donadoni, cujo futuro é incerto por causa de uma cláusula em seu contrato com a federação italiana, parecia confiante, mas foi hábil ao não deixar as expectativas muito altas.

"Eu não tinha dúvidas. Eu estava convencido de que este é um time que poderia vencer qualquer um", disse ele. "Não sei se a Itália irá direto para a final, somente sei que continuamos até domingo. Este é o objetivo, o único."