Austrália pode ficar fora da Fórmula 1

domingo, 9 de março de 2008 12:52 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O GP da Austrália terá de ser disputado à noite ou perderá seu lugar no calendário, avisou Bernie Ecclestone, o todo-poderoso da Fórmula 1, em entrevista publicada neste domingo.

Com uma semana para o início da temporada no próximo domingo, em Melbourne, o britânico de 77 anos acrescentou que a mudança de horário parece improvável e que a corrida pode estar condenada.

"A única maneira de a corrida permanecer em Melbourne, ou qualquer outro lugar na Austrália, é disputá-la durante a noite, assim o público na Europa poderá assistir à corrida", declarou Ecclestone ao jornal Britain's Mail deste domingo.

"No momento, é ridículo que as pessoas não possam dormir para assistir ao GP ao vivo."

"Isso não pode continuar assim. A alternativa é tirar a corrida da Austrália."

"Conversei com Kevin Rudd, primeiro-ministro australiano, e ele disse que custaria muito mudar o horário da corrida, então acho que é isso."

"Não iremos à Austrália por muito mais tempo", ameaçou Ecclestone.

O circuito de Albert Park, em Melbourne, recebe a corrida de abertura da temporada na madrugada do próximo domingo, às 15h30 (local), numa antiga tentativa de satisfazer as emissoras de televisão da Europa em relação ao horário.

Singapura, que faz sua estréia no circuito com uma corrida de rua, em setembro, realizará o primeiro GP de Fórmula 1 à noite e a Malásia também está pensando em realizar sua prova sob os holofotes.   Continuação...